quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010




Oláa! Galerão do gordo!Estou aqui para fazer meu primeiro post no blog do terceirão!*-*
Bom,estava lendo o jornal "Mais Brasil" e vi uma novidade e gostaria de compartilhar com vocês amiguinhos.Entãoo,a nova é, cahan: - "Projetor interativo ligth touhc da ltigh blue optics!"
A pergunta é: - kiiço? éee minha gente as inovações não param!é uma coisa meio complicadinho de se definir,não é um computador!é um projetor interativo.Com sistema operativo Windows CE, possui 2GB de memória interna expansível até 32GB com cartões SD. Dá para ver fotos e vídeos, jogar (utiliza a tecnologia Flash Lite 3.1), aceder a aplicações de redes sociais graças ao Wi-Fi e permite transferir ficheiros via Bluetooth.Sóoo que,a bateria dura apenas 2 horinhas.
Resumindo,transforma qualquer superfície plana em uma tela sensível o toque,Omg!A empresa ainda não disponibilizou o produto comercialmente por que pretende licenciar essa tecnologia para outros fabricantes,toshiba e tal.
Mas um sinal da globalização,outra forma de interagir com o mundo a nossa volta.
é isso galerinha,beijão do gordo!Uow *-*

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O que significa para os animais entender palavras?


A maneira como o bebê aprende a palavra "mamadeira" é semelhante, em alguns aspectos, à forma de um cão
aprender as palavras



Quando as crianças aprendem a linguagem, elas começam associando sons a objetos ou a idéias. Por exemplo, se uma criança ouve a palavra "mamadeira" toda vez que lhe dão uma mamadeira, ela vai acabar aprendendo a conectar o som da palavra ao objeto. Dessa forma, as crianças entendem as palavras antes de aprender a expressá-las. Alguém poderia dizer que o mesmo acontece com os cães. Os cães só não chegam ao próximo passo: falar. Porém, comparar ou não a "compreensão" que um cão tem de uma palavra à compreensão de uma criança é outra história.
Quando uma criança aprende uma palavra como "lápis" ela associa a palavra ao conceito de um instrumento de escrita em uma variedade de maneiras (chegando a cometer o engano de chamar uma caneta de "lápis" depois de ver alguém usando uma para escrever). Por outro lado, os cães provavelmente aprendem a palavra "caneta" como um som que desencadeia uma resposta: "traga-me a caneta e eu te darei um petisco", por exemplo.

Como os cães muito provavelmente não compreendem conceitos abstratos, eles não podem entender as palavras que se referem a tais conceitos. Por exemplo, humanos entendem idéias como "amor", "ódio", "crenças" e "descuido". Essas idéias não são necessariamente relacionadas a um objeto ou a uma ação específica. Idéias que se referem a coisas específicas são chamadas de conceitos concretos. Então, quando dizemos aos cães que os amamos, isso provavelmente não signifique tanto para eles quanto a palavra "petisco". Algumas pessoas podem dizer que até encontrarmos uma maneira de interpretar a mente de um cão, não poderemos dizer em definitivo se os cães entendem ou não conceitos abstratos. Até onde sabemos, os cães só compreendem palavras que se referem a coisas concretas.

Podemos dizer que os cães entendem a linguagem? Isso depende da definição de linguagem, que é discutível. Se a linguagem indica o processo de comunicar um estímulo particular (uma palavra) para produzir uma determinada reação, então os cães definitivamente compreendem a linguagem. Porém, para muitos lingüistas - pessoas que estudam a linguagem - a definição apropriada de linguagem deve ser aprofundada.

Alguns lingüistas acreditam que a linguagem precisa de sentenças com sintaxe. A sintaxe se refere à forma com que as palavras se relacionam entre si em uma frase, baseadas em um sistema de regras estruturadas, como a ordem das palavras. Por exemplo, apesar de ambas as frases possuírem as mesmas palavras, a frase "o cão morde o homem" significa o oposto de "o homem morde o cão". Seguindo essa definição mais rígida de linguagem, os cães não compreendem linguagem porque não há motivos para acreditar que eles compreendam as frases dessa forma. Mesmo os bebês podem diferenciar as partes do discurso, como verbos e substantivos, o que um cão provavelmente não consegue [fonte: Kaminski]. Alguém pode dizer que, se os cães não podem usar a sintaxe como as crianças, então eles não podem realmente entender uma palavra porque eles não entendem como ela se relaciona a outras palavras.

Mas se os cães realmente não podem compreender a linguagem como os humanos, por que eles parecem nos entender tão profundamente? Certos estudos mostram que os cachorros reconhecem os gestos humanos como pistas melhor que outros animais, como os macacos de grande porte [fonte: Hare]. Assim, quando os cães parecem compreender nossas palavras, eles na verdade devem apenas estar lendo a nossa linguagem corporal ou nosso tom de voz.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Wingsuit flying

Wingsuit flying é esporte de voar no ar através do corpo humano, utilizando um macacão especial que molda o corpo em um aerofólio, chamando de wingsuit. Wingsuit pode dar a partida de qualquer lugar que tenha altitude suficiente para poder deslisar no ar, como Base jumping, pára-quedismo ou aeronaves, por causa que o pouso é feito através de um para-quedas.
Foi criado por volta de 1996 pelo pára-quedista francês Patrick de Gayardon, com o objetvo de almentar o tempo de queda livre e também a velocidade horizontal atingida pelos pára-quedistas.

Tecnicament o macacão consiste em asas que são colacadas entre as pernas e braços , que funcionam com velames, sendo composta de dois lados e contém estrutura de nylon ligando as duas partes, as partes que são ligadas são braços com o tórax e na junçaõdas pernas com o quadril, existem entradas de ar para que as asas fiquem inflamadas e rigidas.

A velocidade do wingsuit é de entorno 120km/h verticalmente e 200km/h horizontalmente.

No Brasil, o wingsuit chegou no começo de 1999 , mais agora ja esta mais popular. Algumas pessoas que já estao muito tempo praticando o wingsuit continuão praticando apenas pelo prazer de poder voar com seu propri corpo e fazer manobras utilizadas pelos pilotos de aviões caças.

Cuidados a serem tomados quando for saltar com o macacão um deles é o tipo de pára-quedas a ser utilizado, que deve ter caracteristicas de boa abertura. Outro cuidado a ser tomado é a equipagem já que os tirantes de perna ficam dentro do macacão, dificultando um pouco os ajustes. Se caso aconteça alguma coisa durante o salto ou a abertura do pára-quedas existe um sistema de desconexão das asas localizado nas pernas, proximos das mãos que pode ser acionado a qualquer momento.

Alguns Recodes
Em 24/07/2008, o medico australiano Glenn Singleman saltou de 37.000 pés sobre a Austrália central para estabelecer um recorde mundial de salto mais alto de wingsuit.
Em 12/11/2009, a USPA consistiu de 68 pára-quedistas em uma formação de ponta de uma felcha em Lake Elsinore, California.
video

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Valentine's Day ou Dia dos Namorados


Alguém aqui conhece a história dessa data? Entãão aqui vai pra vocês:

O Valentine's Day é uma homenagem a São Valentim. São Valentim foi um padre que viveu no tempo do império romano, durante a perseguição dos cristãos.
Segundo a lenda, o imperador Cláudius II se convenceu de que seus soldados seriam mais corajosos se não se casassem e não tivessem família. Ele, então, casava os jovens secretamente (além de ter se casado também) padre safadinho. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens davam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão ! Antes de partir, Valentim a escreveu uma mensagem de adeus, na qual assinava como "De seu Valentim".


Por ter sido considerado um mártir pela Igreja Católica, todos os anos, na data de sua execução (14/02), os jovens apaixonados trocavam cartões com mensagens de amor geralmente enfeitadas e decoradas com pássaros e flores. Hoje em dia os cartões já vem prontos nas lojinhas e nos apegamos à idéia de troca de presentes simbólicos cheios de coraçõesinhos e todas aquelas coisinhas fofinhas e melosinhas.

No Brasil é comemorado dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. Mas apesar disso, tudo começou com uma campanha realizada pelo publicitário João Dória, que trouxe a idéia do exterior e apresentou aos comerciantes e depois foi assumida por todo o comércio brasileiro para reproduzir o mesmo efeito do Dia de São Valentim, equivalente nos países do hemisfério norte. Como junho é um mês de vendas baixas, eles decidiram comemorar a data nesse mês.

No Japão o costume é que neste dia as mulheres presenteiem os seus amados ou pretendente com caixas de chocolates. Embora a data represente uma oportunidade pra elas se declararem, nos últimos anos, comprar chocolate para os amigos é um costume que vem crescendo entre a população feminina. Muitos acreditam que é um jogo comercial, já que nessa época as vendas crescem bastante.

Aiai gente u.u Enfim meninas, DEEM os chocolates e TORÇAM para que eles te devolvam dia 14 de Março.

Hein hein meninos :D dia 14 DE MARÇO ! decorem. u_u

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Homem: Animal racional

O homem é o único animal racional do planeta, que se comunica através da fala, estabelecida como uma linguagem de códigos sonoros que designam os mais diversos significados. Tudo isso auxiliou o homem a construir a civilização em que estamos vivendo.

Mas, por outro lado, o homem tem sido o mais irracional dos animais, uma vez que nenhum outro mata por um motivo que não seja alimentação ou legítima defesa.

A civilização humana está deixando o nosso planeta doente, cheio de feridas, como a destruição da camada de ozônio, chuva ácida, poluição marinha ameaçando as praias, destruição de espécies vivas, e assim por diante.

Cada dia que passa, As desigualdades sociais aumentam, assim como a fome, a miséria, a violência não-física e física contra as pessoas entre si, e etc... Descobrimos e inventamos milhões de coisas boas, que ao passar do tempo, foram sendo utilizadas para fazer o mal ao nosso planeta, ou melhor, a nós mesmos. Isso é ser Racional???

Todos temem que o mundo acabe, seja com ondas gigantes, terremotos, furacões, meteoros... Mas, ainda mais rápido que os fenômenos da natureza, virão nós “Racionais” com nossas armas nucleares, disputando o poder de um mundo que acabará morto, assim como muitas pessoas que morreram tentando trazer a igualdade e a paz mundial.


“Já corremos todo tipo de risco fazendo guerras. Não é hora de arriscarmos também para conseguir a paz?”